quarta-feira, 20 de maio de 2009

Reencontrando o amor

Enquanto vagamos por esse mundo construindo mais sonhos, tentando realizar a maioria deles e fazendo de um tudo para ser feliz, conhecemos várias pessoas. Dentre elas, muitas se tornam anjos, daqueles que te suportam até no seu dia de mais ódio no coração ou de mais chatice possível que se coloque pra fora. Anjos que nos sustentam em momentos em que nossas asas se esquecem de como voar. Anjos que nos dão milhares de mais motivos para sorrir. Anjos que se intitulam amigos. E no meio de mais outras tantas pessoas que conhecemos a cada dia, percebemos que dali também ganhamos um companheiro especial. Um companheiro que aos poucos se torna membro da família, passa ser mais um filho para nossa mãe mimar, passa a ser mais um colega de futebol e cerveja de nosso pai, passa a dividir com a gente as birras da irmã caçula e passa a ser até mais um dono-admirador dos animais de estimação. Esse companheiro é aquele que te encontra com brilho nos olhos e te ajuda a sempre sonhar em conjunto, ajuda a ter mais calma no meio de uma briga familiar, ajuda a ter mais paciência com aquela colega mais inconveniente, ajuda a passar o tempo ouvindo uma história antiga que a vovó não cansa de contar, ajuda a fazer dos momentos tediosos os mais preenchidos, ajuda a fazer do brigadeiro mais doce...
Esse companheiro se intitula namorado. Com ele tudo parece mais fácil, mais valioso. Por ele tudo fica melodioso e mais lindo. É ele quem trás amor e mais paz, afinal, quando se tem amor, tudo fica mais tranqüilo de se enfrentar na vida. Até que chega um momento em que as flores parecem começar a murchar e não se sabe o motivo da seca. Tudo vira motivo de mais tristeza, qualquer pedrinha no caminho se torna uma dor de cabeça. É nesse instante que os anjos de nossa vida entram em ação. Uns até tentam ser mais bondosos do que o normal e insistem na vocação de cupido para ver se curam as pragas que estão acabando com as flores, pragas estas que moram em corações infelizes. Os anjos servem de consolo, distração e conseguem muitas das vezes arrancar sorrisos de nós, mas no fundo nada disso importa muito enquanto o verdadeiro significado de viver ainda parece estar murchando. A batalha contra tudo de mal que possa estar ruindo o amor é longa e incansável. Não basta esforço só de um, tem que unir a esperança e a vontade dos dois para que no fim o bem maior vença. Os valores contra esse mal sempre existiram, mas ás vezes esse mundo nos faz esquecer. Aos poucos, os anjos de nossas vidas vão nos ajudando a recuperar total juízo e colocando na mente dos amantes tudo que estava sendo esquecido e que jamais deveria sumir de nossas vidas. A compreensão, que exige tempo para que um ouça o outro e assim se entendam. O respeito que necessita de apreço um pelo outro, para que conheçam a individualidade e por isso entendam que cada um é cada um. Companheirismo que exige da maturidade para que ninguém tente dominar ou ter poder sobre o outro e ainda assim consigam dividir os mesmos momentos e sentimentos. Admiração que necessita da sinceridade para que cada um saiba reconhecer no outro o melhor. Carinho que necessita da vontade para que um procure o outro nem que seja em um olhar, mas transmitindo sempre a doçura e afetividade. Diálogo que exige flexibilidade total para que ambos consigam trocar informações, opiniões e pensamentos diferentes, mas sempre entrando em um acordo que seja bom para os dois. Romantismo que necessita da paixão para que os dois sempre consigam se declarar e manifestar todas as formas, gestos e palavras de carinho que sentem um pelo o outro. E finalmente, amor que necessita de tudo isso já citado e muito mais. O amor une tudo, o amor cura tudo, o amor sempre dá sem cobrar, o amor só cresce e nunca diminui, o amor é sempre verdadeiro e nunca disputa nada, o amor é fiel, o amor é infinito e bondoso, o amor cuida, o amor surpreende, o amor faz sorrir e chorar, mas sempre de felicidade, o amor nos faz viver! Quando tudo isso enfim se acalma novamente nos corações dos amantes, eles percebem que seca nenhuma jamais poderá destruir o que é verdadeiro. Descobrem também que amar é a mais bela ação que o ser humano pode fazer nessa vida e que quando se enfrenta secas, pedras no caminho, problemas, brigas, malícias do mundo que chegam até nós e até mesmo falta de juízo que nos tira o senso e mesmo assim o amor no fim sobrevive, é porque era pra ser e sempre será cada vez mais forte. O amor tudo vence!

7 comentários:

Nanda disse...

Ah que lindo!
Amei! Realmente o amor tudo vence!Não só pelo amor de namorados,mas o amor da familia,dos amigos em todos os aspectos!

Adoreimesmo!
beijo ;*

Beatrix disse...

brigada de add.Ja te aceitei..^^

bjks;*

Miily ;* disse...

sim, concordo com você em cada palavra, e em cada sentido.

:*

Carolzinha_ disse...

que liiiiindo *___*.
Realmente quando temos ao nosso lado 'anjos' tudo fica mais fácil (:?


adoro seus textos xD.

beeijos.

Rafael disse...

Belo texto!!
Parabéns!
Bjs

Mari disse...

Muito lindo o texto. Acho que hoje é a minha vez de dizer que tudo que eu tenho lido fala de amor! É sempre bom quando se tem alguem que lhe dê apoio, pra isso que servem os amigos.

:*

Mary West disse...

Adorey o texto e a doçura toda nele. A vida deve ser assim mesmo, cheia de bouas companhias.