segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Vamos tirar foto abraçando a árvore?

Depois da minha tediosa ação de fuçar orkut alheio até cansar de ver fotos, cheguei a uma conclusão. Em meio a vários álbuns de fotos, por que todo mundo sempre clica naquele que tem fotos especialmente únicas da pessoa dona das fotos em questão? Ta bom, também sou uma dessas pessoas que clica logo nas fotos pessoais invés das muitas de festas, viagens e amigos. Mas alou?! Foi por isso mesmo que me permiti entrar nessa teoria. Rostos belos, naturalmente rosados e completamente felizes já estão dando ar de falsidade não acham não? Ta bom, também confesso novamente ter um álbum deste no MEU orkut, mas mesmo assim vou continuar essa baboseira que não vai levar a lugar algum e com certeza sei que você aí vai continuar lendo. Prosseguindo... Sabe do que andei sentindo falta ao me deparar com foto de olhares e sorrisos perfeitos? Aquelas fotos que nos fazem rir naturalmente só de olhar, aquelas fotos em que conseguimos pegar pra nós o sentimento em que as pessoas da fotografia estavam no momento do “flash”. Sejam fotos retardadas ou não, espontâneas ou não, mas havendo história pra contar de cada uma delas, já vale muito mais. Pensa só! Uma foto de um grupo de amigos tendo um ataque de riso ao bater a foto não te faria sorrir junto só de imaginar a bagunça do momento deles? E quem sabe uma foto pulando na piscina? Quase todo mundo já teve uma dessa (menos eu). É delicioso ver aquilo, dá vontade de também querer participar, afinal, que piscina não dá vontade de pular hein? E aquela foto abraçando a árvore? Lembro-me bem de momentos assim. Precisavam de várias tentativas pra sair alguma boa porque sempre caíamos na gargalhada. Bastava dizer: Abraça a árvore ai amiga. Isso já garantia o motivo das risadas recíprocas.
Enfim, que venham mais fotos com direito a histórias pra contar e que exista mais valor pra esse tipo de álbum. E por favor, apreciem sem moderação, alegria alheia também é transmissível e pegar sentimento bom dos outros não é nenhum pecado, desde que peguem esses sentimentos na boa ação e nunca querendo tirá-la do verdadeiro dono.

Um comentário:

Pauliinha; disse...

Eu tenho tantas fotos nesse estilo :D
Eu saio horrível, mas são momentos felizes, que a realmente dá prazer em rever!

beijos :*